Seja Bem Vindo!

INFORMAÇÕES, CONTEÚDOS PARA SUAS AULAS, CURIOSIDADES E MUITO MAIS!!

Este ambiente virtual pretende orientar leituras e suscitar reflexões e debates. Seja bem vindo! Inscreva-se, participe, envie seus comentários. Dê sua opinião!
________________

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

O futuro de uma criança vale qualquer sacrifício.

Papai está mentindo...
O vídeo acima, "My Dad’s Story: Dream for My Child" (A História de Meu Pai: Sonho para meu filho, tradução livre deste blog) encontrei visitando o portal PavaBlog, e trata-se de "comercial da empresa de seguros que emocionou muita gente e se tornou viral". Um entre tantos comerciais asiáticos (este, filmado na Tailândia) que tem emocionado o mundo e que conta "a história de menina que descobre que o pai esconde um segredo: uma mentira"
Um dia, enquanto ele passeia com ela por um parque e lê uma carta da filha, dirigida ao seu pai, tudo toma outra dimensão. 
As primeiras palavras e frase são elogiosas: “Papai é o mais doce do mundo. O mais bonito. O mais esperto. O mais inteligente. O mais gentil. Ele é meu super-homem”. Depois há pausa e uma ressalva é feita pela menina: “Ele mente sobre ter um emprego. Ele mente sobre ter dinheiro. Ele mente sobre não estar cansado. Ele mente sobre não estar com fome. Ele mente sobre termos tudo. Ele mente… por minha causa”
A comovente história ficcional encontra eco em muitos pais e mães que abrem mão de coisas para si mesmo, para poder dar o mínimo de satisfação a seus filhos, pois para estes, como encerra o vídeo: “O futuro de uma criança vale qualquer sacrifício”
Segundo Pavablog: "O vídeo promove o MetLife’s EduCare, um programa que possibilita aos pais guardarem dinheiro para a educação dos filhos". E a associação que o portal faz do comercial com os de longas=-metragens “A Vida é Bela” ou “À Procura da Felicidade” são pertinentes, pois estes contam histórias de pais que fazem tudo pelo futuro de seus filhos. 
Em um tempo que alguns pais atuam como "adolcescêntricos", sem se importar muito com o futuro dos seus filhos, dando-lhes babás eletrônicas digitais (tablets, videogames, notebooks, smartphones etc) para compensar sua falta de tempo e atenção; sempre bom lembrar que o maior bem que um pai pode dar a seu filho é afeto, carinho, dedicação, dentro de suas possibilidades. 
Muitos dos problemas de relacionamento de crianças e jovens convivendo em sociedade,em geral, e na escola, em especial, são frutos do abandono emocional, ainda que tenham alguns muitos bens materiais. 
Pensar o papel social dos educadores, sejam eles pais e/ou professores, como quem precisa dar exemplos, ser o guia daquele que está aprendendo a falar, caminhar, pensar é essencial, e nenhuma inteligência artificial poderá suprir, pois por mais inteliGENTE que as máquinas sejam ou ainda possam ser, jamais terão a nossa humanidade de se emocionar com pequenas coisas como um curta-metragem, que apesar de ficcional, é o espelho social de muitas crianças mundo afora. Nem todas tendo um pai tão dedicado como aquele ator...

Recebido do excelente blog Educa tube editado pelo Professor 
Postar um comentário

Você poderá gostar também de: