Seja Bem Vindo!

INFORMAÇÕES, CONTEÚDOS PARA SUAS AULAS, CURIOSIDADES E MUITO MAIS!!

Este ambiente virtual pretende orientar leituras e suscitar reflexões e debates. Seja bem vindo! Inscreva-se, participe, envie seus comentários. Dê sua opinião!
________________

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

Resultado do Enem 2014 já está disponível. Veja sua nota!

O Ministério da Educação vai liberar nesta terça-feira (13) a consulta individual das notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014. O candidato deve acessar sua nota nos sites enem.inep.gov.br ou sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem.O MEC não informou que horas a consulta estará disponível no sistema.
Inscrições para as 205 mil vagas do Sisu abrem na próxima segunda-feira.

Consultar o resultado do Enem 2014: O INEP e o MEC cumpriram as previsões e divulgaram o resultado individual do Enem 2014 – Exame Nacional do Ensino Médio. Os candidatos que fizeram as provas nos dias 08 e 09 de novembro poderão utilizar suas notas em processos seletivos de diversos programas educacionais do Governo Federal.
A única maneira de consultar as notas do Enem 2014 é via internet, por meio da página http://sistemasespeciais.inep.gov.br/resultadosenem/. No acesso, o candidato precisa informar o número do CPF e senha ou número de inscrição e senha do Enem 2014. Quem não se lembrar dos dados poderá recuperá-los em links de apoio disponíveis no próprio site.
Após informar os dados necessários para acesso, o estudante visualizará resultado das provas do Enem 2014 de maneira separada, de acordo com as áreas de conhecimento: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Ciências da Natureza e suas Tecnologias. Logo abaixo, finalizando a lista, haverá a nota da redação do Enem 2014. Outra informação no quadro de resultados é a presença ou ausência do participante no dia do teste.
Como é calculada a nota do Enem 2014?
Não existe nota mínima e nota máxima no Enem, pois a prova objetiva é corrigida com base na Teoria de Resposta ao Item (TRI) que, além de levar em conta o número de acertos do participante, preza pelo grau de dificuldade da questão e controla os acertos casuais, popularmente conhecidos como “chutes”. O método se aplica às quatro áreas de conhecimento do Exame. A única parte do teste que é corrigida com valor mínimo e máximo é a redação, que varia de 0 a 1000 pontos.
As notas do Enem 2014 poderão ser utilizadas em programas de acesso, intercâmbio e permanência no ensino superior: Sisu (Sistema de Seleção Unificada), ProUni (Programa Universidade para Todos), Fies (Fundo de Financiamento Estudantil), Sisutec (Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica) e Ciência sem Fronteiras.
Com o Sisu é possível conseguir vaga em institutos e universidades federais de todo o país. O ProUni oferece bolsas de estudo em faculdades particulares. Os processos seletivos de ambos os programas serão abertos no início de janeiro.
Nota da redação
O tema da redação do Enem 2014 foi "Publicidade infantil no Brasil". A nota de redação vai de 0 a 1.000 pontos. Um bom texto para ganhar nota 1.000 deve cumprir bem cinco competências exigidas pela redação do Enem. Cada competência tem cinco faixas que vão de 0 a 200 pontos.
Competência 1: Demonstrar domínio da norma padrão da língua escrita.
Competência 2: Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo.
Competência 3: Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.
Competência 4: Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários à construção da argumentação.
Competência 5: Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.
A redação do Enem foi corrigida por dois corretores de forma independente. A nota total de cada corretor corresponde à soma das notas atribuídas a cada uma das cinco competências.
Se houvesse discrepância entre as notas dois corretores por mais de 100 pontos, ou se a diferença de suas notas em qualquer uma das competências fosse superior a 80 pontos, a redação iria para um terceiro corretor.
Caso houvesse discrepância entre o terceiro corretor e os outros dois corretores, ou caso houvesse discrepância entre o terceiro corretor e apenas um dos corretores, a nota final seria a média aritmética entre as duas notas totais que mais se aproximaram.
Se a nota do terceiro corretor tivesse diferença equidistante das notas dos outros dois corretores, ou se fosse completamente diferente, a redação seria avaliada por uma banca de três avaliadores para escolha da nota definitiva.
Sisu
Com a pontuação em mãos, os candidatos poderão concorrer às 205.514 vagas em 5.631 cursos de 128 instituições públicas de educação superior na primeira edição de 2015 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).
A consulta às vagas já está disponível e as inscrições serão abertas no dia 19 no sitesisu.mec.gov.br. O prazo de inscrições vai até às 23h59 do dia 22.
O Sisu seleciona alunos para vagas em instituições públicas de ensino superior a partir da nota do Enem. Para participar desta edição, o candidato tem de ter feito a edição 2014 do exame e não ter zerado na redação. O estudante poderá se inscrever em até duas opções de vaga.
A Lei de Cotas (lei nº 12.711, de 29 de agosto de 2012) garante a reserva de 50% das vagas por curso e turno nas 63 universidades federais, nos 38 institutos federais de educação, ciência e tecnologia e nos 2 centros federais de educação tecnológica a estudantes que tenham cursado o ensino médio em escolas públicas.
Considerando todas as vagas (inclusive de universidades estaduais), o número destinado para esses alunos chega a 40% do total neste ano.
O resultado da primeira chamada regular será divulgado no dia 26 de janeiro.
Consulte seu resultado oficial do Enem 2014 e corra atrás de seu sonho! 
Postar um comentário

Você poderá gostar também de: