Seja Bem Vindo!

INFORMAÇÕES, CONTEÚDOS PARA SUAS AULAS, CURIOSIDADES E MUITO MAIS!!

Este ambiente virtual pretende orientar leituras e suscitar reflexões e debates. Seja bem vindo! Inscreva-se, participe, envie seus comentários. Dê sua opinião!
________________

segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

PROUNI 2014: Inscrições abertas

O que é o Prouni

É um programa do Ministério da Educação, criado pelo Governo Federal em 2004, que concede bolsas de estudo integrais e parciais (50%) em instituições privadas de ensino superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior.
Podem participar:
- Estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais da própria escola;
- Estudantes com deficiência;
- Professores da rede pública de ensino do quadro permanente que concorrerem a cursos de licenciatura, nesse caso não é necessário comprovar renda.
Para concorrer às bolsas integrais, o candidato deve comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais (50%), a renda bruta familiar deve ser de até três salários mínimos por pessoa.
Clique AQUI para acessar o site da inscrição


Saiu no Blog do Planalto:


Dilma: Com 1,2 milhão de bolsas, ProUni é o maior programa de inclusão universitária da nossa história




A presidenta Dilma Rousseff usou sua conta no Twitter para lembrar que, a partir desta segunda-feira (13), estão abertas as inscrições para a primeira edição de 2014 do Programa Universidade para Todos (ProUni), que dá bolsas em instituições particulares de ensino superior para estudantes que não têm condição de pagar a mensalidade. O prazo para cadastro vai até sexta-feira (17).

“O governo federal já concedeu 1,2 milhão de bolsas, no maior programa de inclusão universitária da nossa história. Nesta edição, serão mais 190 mil bolsas. Podem fazer a inscrição os candidatos com mínimo 450 pontos na média das notas objetivas e acima de zero na redação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para concorrer à bolsa integral, o estudante deve comprovar renda familiar por pessoa de até 1,5 salário mínimo”,
explicou.

Dilma afirmou que os bolsistas parciais de 50% (com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa) ainda têm acesso aos empréstimos subsidiados do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para custear os outros 50% da mensalidade. A meta é oferecer financiamento a 400 mil estudantes.

“Estamos, portanto, formando um tripé para sustentar uma grande transformação na educação brasileira. O primeiro vértice é o esforço pessoal do estudante, que está dando duro para se aprimorar e construir seu melhor futuro. Depois, vem o apoio e o suporte da família. E, finalmente, programas do governo federal, como o ProUni, o Fies, o Sisu, além do maior orçamento da história do Ministério da Educação. A educação é o eixo do Brasil que queremos”
, destacou.


Sobre o Sisu e o Fies:

Primeira edição do Sisu em 2014 tem mais de 2,5 milhões de inscritos

Número de estudantes atendidos pelo Fies aumenta 47% em 2013

Postar um comentário

Você poderá gostar também de: